quinta-feira, 30 de julho de 2009

Diferentes Estilos de Dança do Ventre - Estilo Turco

Os estilos turco e oriental e os estilos árabes de Dança do Ventre compartilham o mesmo vocabulário de dança. No entanto, o estilo turco é influenciado por várias danças folclóricas da Turquia, assim como as danças folclóricas dos ciganos que vivem no país. Muitas dançarinas e músicos são ciganos e deram seu próprio toque especial à dança.

Há geralmente ritmos populares com uma estrutura de 5, 7 ou 9 tempos juntamente com ritmos de 4 e 8 tempos. O Estilo Turco Clássico possui alguns pontos em comum com as eras de Ouro e Clássica do Egito e do Líbano, mas também possui um caráter patriótico muito forte oriundo da época do Império Otomano. No entanto, o atual estilo turco de Dança do Ventre é muito mais alegre e expansivo. Alguns nomes que valem a pena ser citados incluem Nesrin Topkapi, Princess Banu, Sema Yildiz, Asena, Didem, Tulay Karaca, Birgul Beray, Reyhan e Tanyeli, além de dançarinas estrangeiras como Artemis (EUA) e Eva Cernik (EUA).

12 comentários:

Hanna Aisha disse...

Oi,
eu não gosto da Didem e não acho que o estilo turco contribua para a evolução da DV no mundo, mas tá valendo!

Celia Daniele disse...

Hanna, a dança do ventre é para todos! A dança do ventre se molda à cultura que a recebe, mas não deixa de ser dança do ventre por isso. O estilo brasileiro sofre o mesmo preconceito que o turco, muitos o acusam de utilizar elementos que o descaracterizariam, como o ballet, o jazz, até o axé, mas será que por isso ele não contribui para a dança do ventre enquanto arte, enquanto atividade mundialmente praticada? A história da dança do ventre - como em tudo nessa vida - não é linear, a sua riqueza está na sua pluralidade de formas de expressão, e todas elas compõem uma faceta de sua universalidade, a dança do ventre não pertence a uma cultura só. Todos os estilos fazem parte dela, gostemos deles ou não, e é aí que você deveria repensar a sua ideia: escolha o seu estilo, e seja feliz! Mas não desmereça um estilo só porque você não gosta dele.

Hanna Aisha disse...

Eu não desmereço nem desrespeito, apenas eu não vejo o estilo turco influenciando a dança das bailarinas, apenas isso. Talvez porque ele tenha um apelo um pouco erótico. E o estilo brasileiro não sofre preconceito, pelo contrário, está sendo cada vez mais reconhecido e respeitado no mundo árabe.

Celia Daniele disse...

Quem está no Brasil realmente não percebe este preconceito, mas ele existe, como existe para vários outros estilos, tem sempre quem gosta e quem não gosta. Procure os concursos de dança do ventre no Líbano, por exemplo, em que aparecem brasileiras, e veja o que eles comentam, muitas das críticas são apenas preconceituosas com o estilo, muitos dizem até que elas não estão fazendo a "verdadeira" dança do ventre. Tem muitos exemplos no youtube, a maioria está escrita em árabe, mas os que estão em inglês dá para já ter uma noção que nós não somos tão infalíveis assim...
Aqui no Brasil também não temos o estilo turco como grande referência, quantas bailarinas sabem o que é Tsiftetelis? A maioria das nossas referências são do Egito, do Líbano, mas quem ouviu falar no estilo tunisiano? No Khaleege masculino dos Emirados Árabes Unidos?
Desculpe ser muito enfática nesse assunto, mas não discordo de você por não gostar do estilo, discordo em achar que ele não "contribui" por ser erótico, acho que é uma opinião muito reducionista. A egípcia Dina dançando com uma microssaia não é erótico? Lá na Turquia no início do século XX dançar era um ato de patriotismo! E um pouco de história: o Império Turco-Otomano englobou todo o mundo árabe hoje conhecido por vários séculos.
Assim, não é porque não vemos aqui no Brasil que o estilo turco não é festejado, praticado e referência em vários países, principalmente nos Estados Unidos (Dalia Carella que o diga!). Não gostar dele é direito de todos, mas ainda assim ele não deixa de contribuir para a dança do ventre e muito!

phoenyx1978 disse...

concordo com vc celia daniele.adoro o ritmo turco.para mim contribuiu sim!

Anônimo disse...

Sugiro assistir a um video da Nesrin Topkapi que com toda sua leveza e charme ao dançar contribuiu muito para meu repertório como bailarina. Você o encontra no Youtube.

Hanna Aisha disse...

Oi!
pesquisei a bailarina sugerida que eu não conhecia, a Nesrin e realmente concordo que a dança dela é muito graciosa, gostei mesmo. Mas ela é dos anos 70 e 80. Ainda não vi nenhuma bailarina turca atual que apresente uma dança bonita de se ver.

Celia Daniele disse...

Olá Anônimo (me senti no filme "Closer" agora), adorei a sua dica! A minha irmã a tinha citado no post, mas ele já tem tanto tempo que nem me lembrava mais da Nesrin!
Ela é um exemplo de como a dança do ventre turca agrega várias facetas, independente da época, e que não dá para classificarmos tão restritivamente a contribuição deste estilo para o mundo da Dança do Ventre.
Em agradecimento à sua dica, o vídeo que representa esse estilo agora é da Nesrin Topkapi.

shahira burkan disse...

Olá Hanna, querida. Olá Celia, minha fofa. Bem sou estudiosa da Cultura Turca e posso dizer q o ESTILO TURCO ou qualquer outro estilo sempre contribui. Nosso maior erro,é achar que uma pessoa, um estilo, ou uma situação não contribuam. Na verdade quando alguem me ve dançando não consegue identificar qual meu estilo, porque eu sou TUDO QUE EU ESTUDO.
Quanto a sua pesquisa espero poder te ajudar com bailarinas atuais e que fizeram a história da DANÇA DOV ENTRE contribuindo pro que somos hoje.

SEMA YILDIZ tenho contato com ela,e ela dança até hoje. Se quiser conecer o trabalho dela o site dela é:
WWW.SEMAYILDIZ.COM

PRINCESS BANU não dança mais, mas foi a bailarina responsável , junto com a NESRIN, pela volta da DANÇA DO VENTRE TURCA à mídia. E ao contrário do que se pensa ela DANÇA ESTILO EGÍPCIO, apesar das roupas ousadas.

Vcoê sabia que as batidas mais fortes de quadril que temos na DANÇA DO VENTRE atual, vieram da DANÇA CIGANA TURCA??? Na época em que o OTTOMANOS conquistaram o Oriente Médio?? E nós damos o mérito aos egípcios.
Hanna, querida, se precisar saber mais, eu, humildemente, ajudarei-a!!
Ah...leia "A dança do ventre Oriental " escrito por Mr Kemal Ozdemir, que conta a história da dança na Turquia desde 1923.

ESPERO TER AJUDADO!! OPTÜM(BJO EM TURCO)DA SHAHIRA!!

Hanna Aisha disse...

Oi, Shahira
acredite, pesquisarei todas que vc sugeriu e te escrevo, obrigada!

dimmu borgir disse...

46OLA.EU AMO DANÇA DO VENTRE TURCA.EU SOU BAILARINA DE DANÇA DO VENTRE TURCA MINHA INSPIRAÇAO É A DIDEM KINALI.EU APRENDI A DANÇAR VENDO OS VIDEOS DELA.ELA É MINHA INSPIRAÇAO.AMO A DIDEM MUITO.
bjs jhennifer

Maria_Sadala disse...

Lindo trabalho de braços da Nesrin.

Related Posts with Thumbnails