sábado, 26 de junho de 2010

Show Inesquecível: Nour e Yasser!

Primeira vez em minha vida pude presenciar do início ao fim uma dançarina que, sozinha, seguraria um show inteiro. Completa em movimento e interpretação, a dançarina russa Nour fez uma apresentação empolgante na sexta-feira no Rio Orient Festival. O público, que em sua maioria era de libaneses, se rasgou em elogios não só para a dançarina, como também para seu marido, o cantor sírio Yasser Al Sowery, que não só cantou como dançou dabke com ela! Agora parem e imaginem a cena: uma apresentação primorosa de dabke no meio de tantos libaneses? O que ia dar? Rodinha de dabke no palco! Nunca me diverti tanto num show de dança do ventre! Olha aí a rodinha carregando o Yasser!
Ao lado de Nour se apresentaram dois artistas internacionais e demais dançarinas brasileiras. Da Venezuela, veio o exótico Omar Al-Khabir, que humilhou muita mulher no shimmie. Não gostei muito da roupa dele e da cara estatelada sem emoção, mas ele é muito simpático e ouviu com paciência meu portunhol com cara de italiano, misturado com inglês que usei para me comunicar e tirar uma foto! Ao lado dele, veio a dançarina argentina Maraia, que "causou" dançando um tango árabe, também um doce, só que eu não tinha muito o que falar para ela, e disse "És linda", e virei pro Omar: "Tu también". Hoje relembrando essas palavras, sinto vontade de me enterrar no chão... Ô falta de profundidade!!

Hoje - sábado - fui ver rapidamente o concurso de dança do ventre, e procurar algum arguile à venda. Já caiu a minha ficha que terei de aprender a bordar, as roupas de dança do ventre simplesmente estão na faixa dos mil reais! Nesse interím, o que consegui foi finalmente encontrar com os dançarinos de fora e "conversar" com eles! Que emoção! Além do Omar e da Maraia, que estavam com pressa e não deram muito papo, encontrei a Nour e o Yasser, e pude gastar todo o inglês que - não - tinha! Foi ótimo, estou nas nuvens até agora! Eu sei que tem gente que neeem liga pra isso, mas eu fico muito feliz de ter contato, ainda que superficial, com alguma estrela da dança do ventre internacional, é como se eu tivesse contato com alguma parte do brilho dela, como se isso passasse no ar, hehehe. Aí a fotinho:

Graças à Virgínia Njainne (que também está na foto) que pude ver o show da Nour e hoje pude falar com ela. Obrigada Vivi!! Estrela no Egito, Nour é simplesmente maravilhosa, dança super bem e conversa com a gente na boa, tenta entender nossas dúvidas, gente, diva total! E o Yasser, gente, também, um casal lindo os dois! Nós falamos que adoramos o show deles, que ela dança muito bem, e ele canta muito bem, e eles disseram que poderia ter sido melhor, que tiveram alguns probleminhas, mas que no final as pessoas gostaram, então deu tudo certo. Aí a pergunta fatal: se a gente ia pro workshop. Nisso falei a verdade, era caro demais para mim... Infelizmente eu sofro de sinceridade crônica, então momento "duhh" do Homer Simpson. Mas eles nem ligaram, falaram "ah, ok", e continuaram sorrindo e conversando com a gente! Eu disse pro Yasser que eu não conseguia dançar o dabke direito, aí ele perguntou o porquê, e sério, como eu ia explicar isso em inglês? Tipo: "eu confundo esquerda e direita, e troco as pernas" = "I used to mistake left and right, and I change my legs"... Ahh? Você é um extraterrestre? Sei lá se é assim que se diz, como não ser literal em inglês? Aí eu fiz o meu dabke pra ele ver! MICOOO! Bem, depois de ver, ele percebeu que eu não conseguia mesmo, e disse: "Se você vier ao meu workshop amanhã, você vai aprender!".

Pois é, ficou no "se". Mas já estou feliz! A Nour, diva do Egito, e agora diva para o Dança do Ventre Brasil. Quando eu crescer, quero ser igual a ela!

9 comentários:

Virginia Njainne disse...

Oi Célia, estou até agora embasbacada com o show e realmente chateada por não ser endinheirada o suficiente no momento para fazer o workshop deles. Uma penas, mas acredito que a gente consiga outra oportunidade, quem sabe no Egito? :)
Não paro de assistir aos vídeos e também quero ser igual á ela quando crescer! rsrsrs
UIm beijo enorme

Celia Daniele disse...

Ihhh, Virgínia! Nem me fale! To aqui na maior deprê! Mas bola pra frente que, como vc mesmo disse, quem sabe não fazemos o workshop deles lá no Egito?! Pensamento positivo!!

andancasdelory disse...

Ai que inveja!

Wardah disse...

Eu tb estava lá... A Nour e o Yasser são incríveis. Mas,sinceramente,O Omar eu achei mto ruim, e o shimmie dele n me impressionou, acho q a maioria das bailarinas consegue fazer melhor. E a Maraia copiou o tango do Amir Thaleb,segundo me disseram, foi igual ao q ele deu no FIEL do ano passado. De fato pra mim o sho9w valeu a pena pela Nour e seu respectivo marido. Sinto saudades e com certeza os vídeos serão objetos de estudos!!!
BJus

Celia Daniele disse...

Menina, que babado, ela copiou o Amir Thaleb?! Tchi tchi tchiiiii! E olha: ela só tinha aquela roupa? Todo mundo trocou de figurino, ela dançou com o traje moderno preto-prateado do tango ao derbake! Tinha expositor vendendo lá, será que ela achou tb caro?!
Quanto a shimmie do Omar, bem, meu shimmie é problemático, o certo então seria colocar "Humilhou a mim no shimmie", huahuahuahua! Bem as minhas companheiras de mesa concordaram que nisso ele era bom, achei que era!! Tudo é uma questão de referencial! E mais: eu vi outros vídeos dele no youtube, ele me pareceu mto mais contido aqui no Brasil, acho que aquela cara estática era de pânico, hahaha, sem contar que ele tava mascando chiclete ou era impressão minha? Ou ele tava dançando e mordendo a língua?
E claro, não tem pra ninguém, a Nour foi a estrela do show! Até quando ela desequilibrou no palco, fez graça e pareceu lindo! Novamente: quero ser como ela quando crescer!

DARAH HAMAD disse...

Pena que eu não pude ir ao show,
mas tive o prazer de ter como um dos jurados Nour e Yasser,foi super emocionante ,pois fui recompensada com palavras que muito me deixou feliz e como resultado de anos de estudo e dedicação.
Mais uma vez, me deram mais incentivo pra eu continuar a estudar.
Ver o publico aplaudindo e cumprimentando pelo trabalho que mostrei,é o maior prêmio que já recebi.Pois ficar em 1º lugar é uma consequência,e mais um ponto pra eu continuar a propagar esta arte milenar,levando ao publico alegria e o bem estar que ela provoca nas pessoas.
Muito grata a todos presentes pelo carinho que recebi.
Abraço e até o próximo encontro!!
DARAH HAMAD

Kaks.Beraldo disse...

Pra mim a Nour é a "master power" da Dança do ventre!!! Não tem absolutamente nada que eu não goste na dança dela!!!
Pena que não deu pra ir do Paraná ao Rio pra ver o show, se pra vcs daí ja era caro, imagine pra mim???


Bjuss

Wardah disse...

Eu vi tbm um vídeo do Omar em outro lugar,mas ainda n gostei...Aquela cara de vegetal dançando n rolou pra mim!! E de fato aquela mulher n trocar de roupa foi meio feio... POxa, dançar 3 músicas com a msm roupa n dá,né???
Bjus

Hanna Aisha disse...

A Nour é minha number 1. Ano passado ela foi para Porto Alegre e eu arrumei as malas e fui atrás dela! Fiz workshop, avaliação... e eles foram mega atenciosos comigo.
Quando a vi dançar ao vivo lá, fiquei estatelada, como vocês ficaram agora.
O workshop não é tão interessante como vocês imaginam pois eles ensinam coreografia, mas eu gostei por ter tido a oportunidade de aprender a técnica dela.
E dessa vez, não quis fazer porque eu sabia que não aprenderia nada demais.
Ela já era e continua sendo minha number 1.

Related Posts with Thumbnails