sexta-feira, 23 de abril de 2010

Ondulações: Oitos

O movimento "oito" é um dos que mais tem variações. Não é à toa que falar "oito" soa vazio, geralmente o nome vem acompanhado da sua diferenciação: oito maia, oito normal, oito deitado, oito Aida Nour, e por aí vai.

E como se processa esse movimento? O segredo do "oito" está nos joelhos! Fique em pé com o quadril encaixado (bunda pra dentro e costas retas), como você levaria o quadril pra baixo? Dobrando um dos joelhos. Nessa posição, alterne os joelhos, dobre o joelho esquerdo, o lado esquerdo do quadril descerá, volte com o joelho esquerdo para a posição normal, e ao mesmo tempo dobre o direito, o lado direito do quadril descerá. Fazendo continuamente, ainda não é um "oito", certo?

Para virar um "oito", o que se deve fazer é o seguinte: eleve o calcanhar direito, leve o quadril para a direita, dobre o joelho direito, eleve o calcanhar esquerdo, leve o quadril para a esquerda, dobre o joelho esquerdo. O que vai tornar essa alternância de joelhos um "oito" é a inclinação do quadril para os lados. Claro, é necessário prática para que se separe o tronco do resto do quadril.

OBS: A flexão que se fará na perna é mínima, nada de dobrar completamente o joelho! E também nada de dar solavancos com esse movimento, ele precisa ser contínuo e suave.

Bem, já que estamos falando de "oitos", vamos discriminá-los:

Oito Normal: É o que está descrito acima.

Oito Maia: É o oito "para cima", o contrário do que fazemos com o joelho no oito normal. Isto é: quando você levar o quadril para o lado direito, vai elevar o calcanhar, sem flexionar o joelho, levando em seguida o quadril para o lado oposto, e fazendo o mesmo com a perna esquerda.

Oito deitado: Imagine símbolo do infinito! É esse desenho que você vai procurar reproduzir com o quadril. Leve o lado direito do quadril para trás, elevando um pouco o calcanhar. Quando o lado do quadril chegar atrás, flexione levemente o joelho esquerdo e leve o quadril para o lado esquerdo, repetindo a mesma sequência do lado oposto. Esse movimento pode ser feito para a frente também da mesma forma.

Oito Aida Nour: É o oito deitado com um chute. Assim: leve um lado direito do quadril para a frente, o lado esquerdo recuará para trás, ao invés de continuar o movimento para o outro lado (ou seja, levando o quadril esquerdo para frente), você esticará a perna direita para o lado esquerdo e fará um semicírculo com ela na sua frente, a posicionando atrás (como se finalizasse com a posição do básico egípcio).

Acredito que existem mais "oitos" por aí, mas esses que eu achei mais presentes atualmente na dança do ventre. Você pode incrementar o oito num básico egípcio, com shimmie, com o movimento escorpião, várias formas! Fica a critério da criatividade!

4 comentários:

Laurinha (Mulher modernex) disse...

Adorei o post!!
Já tinha visto esse oito Aida Nour, mas não sabia que tinha esse nome e nem a técnica certa...
Agora falta descobrir esse tal movimento escorpião, que nunca tinha ouvido falar, rs...

Abraços

princesha disse...

adorei esta postagem, estou iniciando na dança do ventre agora, e essas descrições de movimento me ajudam bastante.

Celia Daniele disse...

Oi meninas! Q bom que gostaram! Já sei então qual é o próximo movimento que vou postar: escorpião!hehehehe.
Não tem mistério, provavelmente você, Laurinha, já conhece, mas não com esse nome!

Sun Flower disse...

Adorei o post, leio sempre o blog. Como sou mega iniciante..queria saber sobre o oito deitado com chutinho..achei díficil pegar na aula e se pudesse colocar um vídeo sobre seria muito útil para eu treinar em casa.

Related Posts with Thumbnails