domingo, 15 de janeiro de 2012

Quem te Inspira?

Sim, estou sumida. E é verdade que estou desiludida com a dança do ventre. Estava sem saco, sem inspiração, sem ânimo e sem tempo. Hoje estou com tempo e vou escrever algo que me fez retornar ao blog para novamente trazer minhas impressões: a beleza da dança do ventre.

Eu tenho várias coisas entaladas para dizer, acho que elas estavam matando um pouco a vontade de escrever e dançar, e até de ouvir música árabe. Mas não vou mais guardá-las. Como já disse uma vez a Verinha, o blog é meu, eu vou assumir aquilo que eu gosto, que eu não gosto, concordando ou não comigo. Se tudo der certo, antes do final do mês estarei novamente dançando, me indicaram a Samra Sanches numa aula lá em Copacabana nas sextas à noite. Tá na mão na Samra o retorno do meu ânimo para dançar! :-D

E a beleza? Tava eu na alta madrugada com Lívia no chat do facebook, e ela me fez uma pergunta que nunca tinha pensado na vida: "Celia, vc tem alguma ídolA?". Meu Deus, eu sou órfã! Será que ninguém me inspira ou eu só não tinha elevado o nome de uma diva pra minha top list? Bem, eu gosto da pose "dig din dig din" da Saida, eu queria ser tão imponente quanto ela dançando, chegar chegando, e eu tenho um carinho enorme pela Ansuya, mesmo que o estilo dela hoje não me agraaaade taaaanto, a energia dela é contagiante e o snuj dela a minha meta! Mas ainda não eram elas...

Parei então num momento de intensa reflexão, pensando em algo que fosse além de bonito, de perfeito, de impactante, aí lembrei de um vídeo que eu via e revia quase todos os dias porque adorava. E quem disse que eu lembrava o nome da bailarina?! Sabia que era das antigas, era egípcia e que hoje dava aula velhinha com tornozeleira. Informações precisas, não? :p

Foram 40 min de procura pelo google/youtube, até que pensei no meu sobrenome de dança, e lembrei de quem eu tinha essa tamanha admiração: Aida Nour. Esse era o vídeo que eu via e revia:


Tipo, ela não faz nada de mais. Mas eu adoro a placidez dela, a calma em sentir cada movimento e olhar para si e para o público. Eu sou muito mais ligada na conexão da bailarina com a música do que com passos complexos e tecnicamente perfeitos. Desde que não dance frevo no samba, ou baladi no soudi, nem pareça uma lagartixa com caimbrã, eu gosto de ver gente curtindo só por dançar!


Olha só o som deste snuj! Quero chegar a idade dela dançando assim! A dança dela vem de dentro, ainda que não haja grandes coisas no que ela faça, ela faz bem e faz com alegria. O que eu sempre gostei na dança do ventre é o fato dela se moldar ao nosso corpo, a nossa personalidade, nós que fazemos a dança, não somos CTRL+C CTRL+V de ninguém. Eu fico muito triste em ver dançarinas buscando conhecimento e aprendizado para se adaptarem a determinado estilo, e não para se aprofundar nesta arte para estabelecer o seu próprio estilo. Para mim, a beleza da dança do ventre é ser livre ao dançar.

E quem inspira vocês?

22 comentários:

Lívia disse...

Adorei ela dançando no maior estilo vovó! De óculos e coque no cabelo..quero chegar lá tbm! Os snujs estão perfeitos!!

Você sabe quem é minha ídola, admiro muito mesmo, não danço como ela, por que não é minha verdade, mas é minha ídola! rs Mas confesso que inspiração não sei ainda..acho que são coisas diferentes! Admirar e se inspirar! Eu não me inspiro na minha ídola! Isso é contraditório rs? Beijos!!

Celia Daniele disse...

Como assim vc não se inspira na sua ídola?!
Na minha concepção, idolatramos alguém porque admiramos algo naquela pessoa, e nesse caso, uma ídola de dança do ventre é porque admiramos seu modo de dançar. Logo, não deveríamos nos inspirar no que ela faz? :p

Celia Daniele disse...

Explicando: inspirar não no sentido de buscar ser a dançarina que admiramos, mas de nos sentirmos envolvidas a dançar (do nosso jeito) ao vê-las brilhar.

Lívia disse...

AAAAAAAAAAAAAAAAHH ;)
Então, tinha entendido que era se inspirar tipo "Quando danço, tenho em mente fulana de tal"...
Mas de fato quando vejo minha ídola quero dançar, fico envolvida pela movimentação dela..mas nao tenho NADA dela rs

Rubi disse...

Bom pessoas que me inspiram na dança são várias, Saida e Ansuya estão incluídas, mas como não é conveniente fazer uma lista enorme nos comentários eu vou citar só algumas que veio em minha mente:
Aisa Lafour, ela me lembra minha ex professora.
Ananita Gomes, dança muito
Mayara al Jamila

Celia Daniele disse...

Não conhecia essa Aisa Lafour, q linda! É bem aquele estilo limpeza e fluidez de movimentos. Ela parece muito com as brasileiras que estão "na moda" atualmente.
Tampouco conhecia a Ananita (vi esse vídeo dela: http://youtu.be/23ms4fWAKuY, acho essa música super brega), eu acho o máximo ver dançarina com cabelo encaracolado (perceberam a minha preocupação com a dança não? hehe).

Lívia disse...

hahaha aaahh a diversidade EU AMO ESSA MÚSICA! Adoro dançar...e gostei da Ananita, não conhecia também

Celia Daniele disse...

Meninas, alguém conhece as professoras Christina Cordeiro, Laineh Alves e Nilza Leão? Quem vocês indicam?

Amandinha disse...

Celia, não sei se por acaso se lembrará de min, sou aquela menina que te abordou no banheiro do festival Lumina 2011, :), e que é mto fã do seu blog! haha eu faço aula no mesmo Studio em que a professora Samra Sanches dá aulas, e sou aluna da professora Christina Cordeiro, posso te dizer que lá há ótimas profissionais e que seja lá o que foi que fez seu animo pela D.V diminuir por algum momento, acredito que não será o suficiente para impedir de recupera-lo e que no caso das professoras citadas, vc estaria em ótimas mãos!
Não desanime nunca!

Heloísa Caridade disse...

É Celia, vc foi perfeita no post, me arrepiou o vídeo da Nour e há muito tempo eu não sentia isso, estou justamente no momento voltando a dançar e foi mt inspirador! vc me inspirou a dançar com seu post!
"Tipo, ela não faz nada de mais. Mas eu adoro a placidez dela, a calma em sentir cada movimento e olhar para si e para o público. Eu sou muito mais ligada na conexão da bailarina com a música do que com passos complexos e tecnicamente perfeitos.(...) Para mim, a beleza da dança do ventre é ser livre ao dançar." = exatamente o que eu sinto!!
Força! A dança está dentro de vc, a prof pode te ajudar a colocar pra vc, mas depende única e exclusivamente de vc! O poder está dentro, dentro de vc e "dentro da dança"
Quem me inspira mt na dança é Ansuya com sua energia e estilo ímpar! Também mt a Fátima Fontes, a yasmin nammu e Yasmin Meera, Karina Iman pra citar uns nomes de hj. A Clássica Souhair zaki, Najwua Fouad.
Também gosto das antigonas trio parada dura: Samah Halim (minha mestra)Samra Sanches e Salomé. Bjjks e boa sorte!!!!

Celia Daniele disse...

Amanda, menina, claro que lembro de ti! Cenas memoráveis para minha história bellydanciana!haha. Pois é, eu fui ver os horários de lá, pois seria perto do meu trabalho, e eu to precisando emagrecer (odeio academia), minha professora está de resguardo (Heloísa, como vai o Fredito?), estou querendo começar logo!! Só que essas professoras estão num horário muito trash pra mim, vou dar uma olhada na Samra no dia 27, ver se vale a pena, pois é uma turma voltada pra prova do sindicato, e sinceramente: to nem aííí, to nem aííiíi...

Helô, esse post tá super inspirador também porque estou parando para ver os vídeos de todas as dançarinas que me indicam, o q tá sendo também enriquecedor! Vou olhar as suas divas (quantas!!), qualquer coisa coisante, eu te falo.

Heloísa Caridade disse...

Legal! E eu, não estou de resguardo não!!!!!! Parto normal, YEAHHH! Mas tirei umas férias, vc sabe bem como foi intenso o último ano de dança e ainda grávida!! Tb tive uma pausa, gosto de pausas, e agora quero voltar a dançar!
Quanto as 3 últimas vc sabe, não deve ter mt coisa na internet, a não ser da Samra que é a única que está ainda mais ativa! Bjs

Heloísa Caridade disse...

Ah, o Fredinho está ótimo!! venha vê-lo em breve!bjk

JOYCE LIYNAA disse...

Oi Célia senti desanimo nas suas palavras,que nada amiga não fica assim, esqueceu sou sua admiradora nº01...vc é sensasional, adoro sua forma de se expressar me inspira muito toda vez que leio seu blog.Quanto a Samra tenho certeza que ela é vai te surpreender, vc vai voltar a todo vapor porque o ano está só começando, e com certeza ainda tem muita dança pra vc dançar comentar,discutir expor sua opinião e nos deixar felizes...
Sua adimiradora Joyce Liynaa

gicosta disse...

muito legal o post, Celia. Bem quem me inspira em relação a admirar é a saida.... nossa, acho q ela é muito elegante dançando gostaria de ter essa elegancia.

ةشامهنش - Mahlika el Hana disse...

No começo dos meus estudos eu me inspirei muito na Samia Gamal. Adoro as expressões dela, a delicadeza... uma princesa!

Teve um tempo que eu estudei bastante a Saida, mas faz tempo que não vejo um vídeo dela. Anda numa vibe de Mahaila e Hadara Nur ultimamente.

Acabei de retomar meu blog também. Assim como você, tinha perdido o gosto pela coisa e fiquei 1 ano afastada da dança. Mas acho que chegou a hora de voltar, então vamo que vamo, rsrs.

Bjs

Amandinha disse...

A minha Diva é a Saida e a Ju marconato...além da minha Prof hahaha só vou dançar que nem elas na próxima vida hahahaha mas tudo bem o que vale é a diversão

Hanna Aisha disse...

Sem dúvida alguma, minha ídola é a Nour (Rússia).

Mas a Elis Pinheiro (SP) e a Nur (SP) têm me inspirado para dançar.

Beijos

Manu disse...

Pra mim são 4, cada uma em um aspecto diferente: Elis Pinheiro, Souheir Zaki, Fifi Abdo e Anastasia Biserova!

Heloísa Caridade disse...

Consegui um tempinho pra assistir alguns vídeos! (essa vida de amamentar não é fácil).
Gostei da Aisa Lafour, os trejeitos, as vezes, são meio batidos mas, no geral achei ela bem entregue. E tem muitos movimentos que uso, é interessante tb perceber que a dança nos unifica de alguma forma, é sempre a mesma dança, em pessoas diferentes mas, muitas vezes é tão parecido. E isso não necessariamente é ruim, ao me ver em certas coisas que esta bailarina faz, senti uma unidade entre as mulheres, uma unidade silenciosa, corporal! Interessante!

Melissa Souza disse...

Oie!
Eu era uma dessas pessoas preconceituosas com a Dança do Ventre até fazer a primeira aula, em 2010. Desde então, não parei mais de dançar! Me apaixonei pelos movimentos, pelas roupas, pelos elementos, pela história... enfim, tudo!
Mas meu coração bateu forte mesmo quando eu vi uma apresentação de Dança do Ventre Tribal (primeiro porque sempre amei tudo o que é tribal), aí busquei músicas, estilos e dançarinas dessa área... Justo a primeira apresentação tribal que assisti no youtube era com a Rachel Brice.
Depois fui me apaixonando por uma dançarina atrás da outra... Enfim, essa é minha inspiração!

Kaliana K disse...

Legal o tema do tópico. Tenho vontade de perguntar isso a todas as bailarinas que conheço, rsrs.

Bom a que AMO e não tem jeito, acho difícil que vá gostar de outra tanto quanto dela, é a russa Yulduz (http://youtu.be/nQOvdZ0FuwU) . A vi num apresentação em grupo e ela me chamou a atenção, saí feito louca atrás de mais vídeos que hoje vejo e revejo toda semana *-*. Meu olhos brilham, sabe?

Me inspiro também na minha professora, a delicadeza, o encanto, os braços, os shimmies, sentimento, tudo. Eu sem dúvida escolhi a melhor para aprender: Aisha Fahd(http://youtu.be/5w3OpVKnj2w)!
No mais, também acho linda as danças da Noura(http://youtu.be/WKEGFf812w4), libanesa que era minha preferida antes de conhecer a Yulduz; e da dama Souhair Zaki(http://youtu.be/1IoorxyDkEo)
Acabo me inspirando nessas 4!

Related Posts with Thumbnails