sexta-feira, 16 de março de 2012

Uma mesma bailarina, uma mesma música

A música é Setta Al Sobh e a bailarina é a Elis Pinheiro. Tomando como "certo" de que as duas apresentações foram improvisadas, achei interessante trazer uma mesma música, não interpretada por bailarinas(os) diferentes, mas sim pela mesma pessoa. Exatamente com a intenção de mostrar que mesmo quando dançada por uma única pessoa, a música pode ganhar contornos diversos, tendo em mente que existem vários fatores que contribuem para estas nuances. Enfim, mesmo se tratando do mesmo "ser", existe uma história de vida por trás de cada interpretação. Neste caso as apresentações têm um intervalo de tempo até curto: o primeiro vídeo é do final do ano passado e a segunda é de março de 2012.
*
São duas apresentações muito bonitas e a Elis se repete em alguns poucos momentos (faz os mesmos passos em ambas as apresentações), mas identifiquei mais mudança que repetição entre os dois vídeos, é só comparar - a entrada por exemplo é diferente, mesmo ela se valendo de um mesmo deslocamento. Acho legal verificar isso para vermos que uma mesma bailarina traduz a mesma música de diversas formas, enquanto que ao mesmo tempo se "repete" e segue uma linha também, o que estaria ligado ao estilo da bailarina. Eu particularmente tive dificuldade pra optar pelo que mais gostei, mas acho que fico com o primeiro, apesar de ter amado muitos momentos do segundo, e vocês?
A proposta desse post era só ficar na comparação da leitura musical de uma mesma bailarina ao dançar uma mesma música, mas não resisti em comparar com outra pessoa rs.
Que vocês acharam do David da Escandinávia? Eu gostei... Em alguns momento não, mas achei legal algumas propostas dele (é engraçado essa perna esticada dele no começo não?) e fiquei comparando as soluções que ele encontrou em alguns momentos musicais com a interpretação da Elis. Bem interessante, porque são estilos completamente distintos.
E agora David ou Elis? rsrs Dispenso essa solução, porque a própria Elis dança diferente de si mesma, mantendo a essência é claro, e o David é outraaaa interpretação, totalmente diferente. O sentimento, a conversa com o público e a música, a técnica, enfim. Na verdade não acho que é uma questão de escolha, até porque gostei dos dois rs. Mas e vocês?

Um comentário:

Marcela Castro disse...

Noossa...eu AMOOOOOOOOO essa musica...Vcs teriam a letra e tradução dela???

Related Posts with Thumbnails